[BUSCA DE DOCUMENTOS] [DOCUMENTOS RECUPERADOS] [NACIONALIDADE ESPANHOLA]
[GENEALOGIA] [CONTATO] [PERGUNTAS FREQUENTES] [LINKS]

 

INTRUDUÇAO AS PESQUISAS GENEALÓGICAS 

Verifique o armário antes da biblioteca
Refazer a história da família tem a ver  primeiramente com encontrar  registros.  A primeira etapa é olhar ao redor de sua casa em busca de fatos e registros e também conversar muito com seus parentes mais antigos. A  informação que você pode conseguir com estes métodos cria uma base firme para a pesquisa futura.

Entao você decidiu escavar sobre sua história e a da sua família! Parabéns! A Pesquisa Genealógica é um passatempo recompensante,  que pode  trazer um sentido real da realização e compreensao para você e sua família.  Se você for novo no assunto, pode estar se sentindo um bocado perdido  no início com os todos os recursos tradicionais e online disponíveis.
Permita-nos voltar um pouco, para antes dos micrifilmes e programas de computador e começar com as bases dessa pesquisa.

Se você está gravando a história da sua  família no papel ou no computador,  primeiramente é indicado recolher tanta informação como seja possível.  Dessa maneira, quando chegar a hora de organizar tudo  em escrito ou dar entrado no computador, você terá bastante informação disponível para criar uma árvore genealógica razoavelmente contínua de diversas gerações.

Há quatro fontes principais de informação sobre a família neste primeiro estágio:
1 Na sua casa (ou na casa de parentes)
2 Seu próprio conhecimento de eventos da família
3 Entrevistas com membros da família
4 Pesquisas precedentes feitas por outras pessoas.

INVESTIGANDO EM CASA

Sua própria casa (ou a casa de um parente) podem ser uma fonte surpreendente da informação de família se você souber onde olhar. Os papéis podem dar-lhe indícios valiosos sobre seus antepassados e eventos em suas vidas.

Quando você está procurando a informação na casa, você pode encontrar os artigos que são datados, mas não tem anos. Por exemplo, "quinta-feira, 8 de março." Isto é especialmente verdadeiro com diários, cartas, e recados encontrados.
Às vezes você pode estimar o ano  pelo contexto. Para cartas, nao se esqueça de verificar o carimbo postal para ver se há uma data, e também no conteúdo da carta.

Abaixo está uma lista de itens e de lugares da casa onde você pode encontrar a informação genealogica. Você também pode adicionar  algum outro mais. Pergunte a seus parentes se possuem ou sabem algo sobre qualquer item destes que podem ser úteis a sua pesquisa.

  • Assinaturas ou dedicatórias em  livros
  • Biblias
  • Livros (verificar recados ou anotaçoes dentro)
  • Certificados (das escolas ou dos trabalhos)
  • Portas do armário (procure a escrita no interior)
  • Roupa e chapéus
  • LIvros de receita
  • Diários e agendas
  • Árvores genealógicas
  • Mobiliário (às vezes você encontrará nomes e datas nos fundos ou nas partes traseiras do mobiliário)
  • Albums de foto
  • Papéis importantes (testamentos, escrituras, e ações)
  • Jóia (tal como os os braceletes, colares,  ou os qualquer outra coisa que podem ter uma escriçao de nome  ou indicar a a participaçao em uma organização)
  • Cartas
  • Recortes de jornal
  • Retratos (não se esqueça de olhar as partes traseiras)
  • Currículos
  • Papéis da escola (os cartões do relatório podem ter assinaturas dos pais)
  • Livros de anotaçoes
  • Registro de desembarque
  • Registro de estrangeiro.

MEMÓRIAS...OS LUGARES ESCONDIDOS DA SUA MENTE

Uma das  melhores maneiras de começar sua árvore de família é simplesmente escrever  toda a informação básica que você sabe sobre seus parentes (nascimentos, casamentos,  óbitos, datas e lugares)  indo o mais fundo possível nas suas memórias.Começe com você ou seus filhos, passando para geraçoes passadas o  mais distante que você pode lembrar.

Escrevendo tudo claramente no papel, você verá rapidamente as partes onde faltam dados ou que os dados se contradizem você terá condiçoes de  traçar um plano de onde começar a investigar os registros que faltam  ou para quem escrever pedindo auxilio documental.

Uma vez que você fez sua lista, peça a seus parentes vivos toda a informação que puderem ter. Isto é especialmente importante para os membros mais velhos da família, porque possuem frequentemente informaçoes sobre antepassados antigos. Em muitas famílias dos ESTADOS UNIDOS, a geração viva  mais velha é também a primeira que imigrou aos ESTADOS UNIDOS ou faz parte da primeira geraçao após a imigraçao.  Seus pais ou avós podem ter alguma memória "do antigo país" ou ao menos alguma história passada de geraçao em geraçao sobre suas origens.

PERGUNTAS, MUITAS PERGUNTAS

A etapa seguinte a fazer  ao tentar preencher os espaços em branco é fazer  entrevistas orais sobre a história da família com seus parentes. Estes vão além dos fatos básicos às histórias, às memórias, e às interações da família com o mundo também serao contempladas. É interessante ver como todos juntos podem unir a rede — por exemplo, sua mãe pôde recordar onde estava vivendo na idade 13 e descrever  a casa e como eram as coisas nessa idade. Você conhecerá provavelmente muitas histórias da família que podem adicionar grande profundidade a sua história da família indoalém dos nomes, das datas, e dos lugares. Ter este sentido real de um antepassado é um dos presentes  mais grandes que a pesquisa genealógica tem a oferecer.

Há muitas maneiras de entrevistar um parente: você pode escolher gravar a entrevista ou fazer  somente de notas, para fazer perguntas abertas ou para a obter informação específica, e assim por diante. As coisas  mais importantes a recordar são: ser respeituoso com as memórias da  pessoa que você está entrevistando e cuidado ao fazer anotaçoes   ou uma transcrição de sua fita  o mais rápido possível de haver terminado a entrevista.  

EXAMINE O CAMINHO QUE OUTROS JÁ VIAJARAM

Uma coisa a ter em mente  é que provavelmente você não é a única pessoa que pesquisa sua família. Se você souber já de alguém que tem trabalhado na árvore de família, tente de toda maneira entrar em contato com ela e veja se está disposto a compartilhar o que já encontraram. Isso pode te ajudar a poupar muito tempo que você teria que gastar em descobrir o que já foi pesquisado.  

Além às fontes dentro de sua família próxima, acontece frequentemente que um parente mais distante pode estar  trabalhando na árvore de família, talvez de um ângulo diferente ou  de uma linha a um antepassado comum distante. Você pode encontrar que publicaram sua pesquisa em vários forums públicos, tais como a lima ancestral ou a árvore de família do mundo. A maioria destes forums têm a informação do contato para as pessoas que lhes submeteram a pesquisa, assim que, se você procurarar em um destes serviços e encontrar um elo comum com sua árvore de família, você pode frequentemente escrever ao contribuinte diretamente e começar a compartilhar da informação.

E FINALMENTE...

Uma coisa a manater na mente durante todas estas etapas é que as anotaçoes claras dos dados que você  encontra pelo caminho lhe ajudarão mais tarde. Quando você encontra uma foto velha da família e pedir a tia Clara para identificar todos os integrantes, faça  uma anotação de seus nomes e de toda a outra informação que ela puder o dar. 

Você começou uma longa e recompensante jornada rumo a história da sua famíla. Esperamos que estes primeiros quatro passos que foram dados anteriormente sejam como vento impulsionando você nesta viajem ao passado e a busca de suas raízes. 

Fonte: traduzido de genealogy.com

Após a leitura  desse artgo te convidamos a fazer sua própria árvore genealógica.

Quais foram as causas da emigraçao espanhola?

Em todas as migraçoes temos que levar em conta tanto os fatores que empurraram a populaçao a sair do seu país (fatores internos de "expulsao) como aqueles fatores que estimulavam a escolher um país concreto para deslocarem-se (fatores externos de "atraçao) 

Fatores internos ou de expulsao

  • Demográficos. 

Desde fins do século XIX a mortalidade havia diminuido e como se mantinham altos os  índices de natalidade a populaçao estava crescendo. Por isso a principio do século XX, quando essa geraçao de populaçao mais abundante alcançou a idade de trabalhar e nao encontrou emprego saiu em busca de trabalho em outras regioes ou países.  

 

  • Políticos. 

Em muitos casos os jovens fugiam do serviço militar obrigatório que os retinha de três a sete anos e podia até levar a morte pois A Espanha estava em guerracom as colonias do norte da África. Além disso essa obrigaçao era especialmente injusta porque os mais ricos podiam evita-la.   Até 1912 o governo aceitava que nao fosse em troca de uma quantidade de dinheiro ou que fosse enviada outra pessoa em seu lugar, para quém o interessado tinha que pagar. No caso de Astúrias e durante o período de 1915-1920 40% dos jóvens fugiram para nao fazerem o serviço militar. 

  • Económicos

A primeira fase da industrializaçao teve um impacto muito negativo no mundo rural. Muitos agricultores trabalhavam a tempo parcial nas manufaturas tradicionais e como agora a indústria produzia mais barato tiveram que se dedicar exclusivamente a agricultura com o qual nao podiam manter seu nível de vida. Os mais preparados decidiram buscar no novo mundo oportunidades para continuar trabalhando nas suas profissoes habituais.  Muitos artesoes Galegos e Cataloes emigraram por essas razoes. 

A responsabilidade da agricultura.  A agricultura foi incapaz de dar trabalho e estabilidade a crescente populaçao rural. Isso nao era fácil já que tinha que proporcionar trabalho a uma geraçao mais abundante e ao mesmo tempo reduzir os preços para competir com os produtos do "Novo Mundo" Os governos da época protegeram o quanto puderam a produçao agricola espanhola estipulando taxas alfandegárias muito altas aos produtos importados mas isso nao foi suficiente. 

A escassa modernizaçao do país.  Os jovens que nao tinham possibilidade de trabalhar nas zonas rurais as vezes buscavam trabalhos nas cidades mas em muitas ocasioes também nao encontravam ali. Sua unica saída era portanto a emigraçao. 

 

 

 

 

 

 

Fonte: traduzido de: cnice.mec.es

Fatores externos ou de atraçao

As condiçoes anteriores predispunham a busca de trabalho fora do ambito regional e inclusive nacional mas a mudançao nao haveria sido possível se nao existissem paises capazes de proporcionar as ansiadas melhoras econômicas :

  • Os especializados em produçao agrícola tropical. 

No novo mundo haviam muitos países especializados na produçao agraria tropical, de ampla demanda nos países ocidentais (café do Brasil, açucar de Cuba...), que além disso nesta época tinham que buscar mao de obra barata após a aboliçao da escravidao. Estes países procurarao trazer de todas as maneiras os europeus mais pobres através da emigraçao subvencionada. 

ESCUDOS 

Abarca
Abat
Abellán
Acevedo
Alagón - 1
Alagón - 2
Alarcón - 1
Alarcón - 2
Alarcón - 3
Albornoz
Albuquerque - 1
Albuquerque - 2
Albuquerque - 3
Alburquerque - 1
Alburquerque - 2
Alburquerque - 3
Alcázar - 1
Alcázar - 2
Alcázar - 3
Alemán
Alfaro
Allendesalazar
Almeida
Almela
Alvarez de las Asturias
Alvarez de Toledo - 1
Alvarez de Toledo - 2
Alvarez de Toledo - 3
Angulo
Anrich
Araque - 1
Araque - 2
Arce - 1
Arce - 2
Arce - 22
Arce - 3
Aroca
Arróniz
Avalón
Avalos
Avellaneda - 1
Avellaneda - 2
Avellaneda - 3
Avilés
Ayala
Azevedo

Balcárcel
Bazán
Benvengut
Bernal
Bernaldo de Quirós
Bezón
Bienvengud
Blanco
Borja - 1
Borja - 2
Borja - 3
Borja - 4
Borja del Poyo
Bravo
Bustamante - 1
Bustamante - 2
Bustamante - 3
Bustos

Calvillo - 1
Calvillo - 2
Cardona - 1
Cardona - 2
Cardona - 3
Caro - 1
Caro - 2
Carrasco - 1
Carrasco - 2
Carrasco - 3
Carreño
Carrillo
Carrillo de Albornoz
Carrillo de Córdoba
Carrillo de Mendoza
Carrillo de Toledo
Carvajal
Castañeda - 1
Castañeda - 2
Castañeda - 3
Castañeda - 4
Castilla - 1
Castilla - 2
Castilla - 3
Castro - 1
Castro - 2
Castro - 3
Castro - 4
Cayuela
Ceballos - 1
Ceballos - 2
Ceballos - 3
Ceballos - 4
Celdrán
Cervellón - 1
Cervellón - 2
Cervellón - 3
Chacón
Cienfuegos
Cifontes
Cifuentes
Cisneros
Contreras - 1
Contreras - 2
Contreras-Girón
Corte-Real
Cotes
Crespí de Valldaura

Dávalos - 1
Dávalos - 2

de la Canal
de la Cerda
de la Jara
de la Vega - 1
de la Vega - 2
de la Vega - 3
de la Vega - 4
de la Vega - 5
de la Vega - 6
de las Alas - 1
de las Alas - 2
de las Alas - 3
de las Casas
del Poyo - 1
del Poyo - 2

Doms
Doria
Duró

Escrivá de Romaní
Everardo - 1
Everardo - 2
Everardo - 3
Everardo - 4

Fajardo
Falcón
Ferrer - 1
Ferrer - 2
Ferrer - 3
Ferrer - 4
Ferrer - 5
Ferrer de Plegamáns
Fontes - 1
Fontes - 2
Fontes - 3
Fontes - 4
Fontes - 5
Fontes de Albornoz - 1
Fontes de Albornoz - 2
Fontes de Albornoz - 3
Fontes de Albornoz - 4
Fontes de Albornoz - 5
Fontes de Albornoz - 6
Fontes de Albornoz - 7
Fontes de Portugal - 1
Fontes de Portugal - 2
Forner
Fuster - 1
Fuster - 2
Fuster - 3

Galtero - 1
Galtero - 2
García
García de Cáceres
García de Paredes
Garre - Garro - Garri
Garro
Gilabert
Giner - 1
Giner - 2
Girón - 1
Girón - 2
Girón - 3
Girón - 4
González de Rivera
Grimaldi
Grimaldos
Guzmán - 1
Guzmán - 2
Guzmán - 3
Guzmán - 4
Guzmán - 5
Guzmán - 6
Guzmán - 7

Haro
Heredia
Hermans
Hernández
Herrera

Ibarra

Jumilla
Junco
Junterón - 1
Junterón - 2

Laínez de Vivar
Lasso de Castilla
Lizana
Luna - 1
Luna - 2
Luna - 3
Luna - 4

Marín
Marín-Blázquez
Marín-Ordóñez
Martínez - 1
Martínez - 2
Martínez - 3
Martínez - 4
Martínez - 5
Martínez de Francia
Martínez de Fresneda
Martínez de Vera
Martínez-Carrasco
Martínez-Fortún
Mate de Luna
Melgarejo
Melo
Mendoza - 1
Mendoza - 2
Mendoza - 3
Mendoza - 4
Mendoza - 5
Mendoza - 6
Mendoza - 7
Mendoza - 8
Mendoza - 9
Miró - Mirón
Molina - 1
Molina - 2
Moura - 1
Moura - 2
Muñatones - 1
Muñatones - 2
Muñatones - 3
Muñoz - 1
Muñoz - 2
Muñoz - 3
Muñoz - 4
Muñoz - 5
Muñoz - 6
Muñoz de Otálora - 1
Muñoz de Otálora - 2
Muñoz de Robles
Musso

Navarro - 1
Navarro - 2
Navarro - 3
Negrón

Oca
Oluja - 1
Oluja - 2
Ortega - 1
Ortega - 2
Otálora

Padilla - 1
Padilla - 2
Padilla - 3
Pagán
Palavicino
Panés
Pasqual
Pasqual de Riquelme
Pasqual del Pobil
Paz
Perea
Pereira - 1
Pereira - 2
Pereyra
Pérez de los Cobos
Pérez de Sarrió
Pío de Saboya
Puxmarín

Queipo de Llano
Quiñones
Quirós

Ratto
Real
Reyllo
Riquelme - 1
Riquelme - 2
Robles - 1
Robles - 2
Robles - 3
Roca - 1
Roca - 2
Roca de Togores
Rocafull
Rocamora
Roda
Rodríguez
Rojas - 1
Rojas - 2
Ros - 1
Ros - 2
Ros - 3
Rosique
Rossique - 1
Rossique - 2
Rossique-Tilly
Rovira

Saavedra - 1
Saavedra - 2
Salafranca
Sánchez - 1
Sánchez - 2
Sandoval
Sessé
Spínola

Tacón
Távora
Tilly - 1
Tilly - 2
Togores
Toledo
Torres - 1
Torres - 2
Torres de Portugal

Ulloa

Valcarce
Valcárcel - 1
Valcárcel - 2
Valcárcel - 3
Valdés - 1
Valdés - 2
Valdés - 3
Valdivia
Valiente
Vallés
Vázquez - 1
Vázquez - 2
Vázquez - 3
Vázquez - 4
Vera
Verástegui
Vergara -1
Vergara -2
Villaquirán
Villarrasa
Villaseñor
Villatorta
Villegas
Viudes
Viudes Miralles
Vivero

Ximénez de Zadava

Zambrana
Zapata - 1
Zapata - 2
Zerbellón
Zúñiga

 

 


[PÁGINA PRINCIPAL]
Entre em contato
O conteúdo desta página está protegido pelo direito de propriedade intelectual - Copyright 2005